Um grupo de humor multimí­dia formado por redatores, radialistas e atores de todos os sexos. Nosso projeto é recolher toda a produção de lixo involuntário e reciclar em humor voluntariamente non sense, com pitadas de acidez no processo químico, besteirol no acabamento e anarquia como produto final. Se você curte Monty Python, Irmãos Marx, Veríssimo, South Park, Seinfeld, TV Pirata, Chiclete com Banana, Casseta Popular, Planeta Diário... Nós também gostamos! Daí­ a fazermos algo do mesmo nível já é uma diferença abissal. Enfim, você está interessado nisso? Coisa mais sem graça explicar grupo de humor... Em breve, manifesto do grupo em DVD.
Alexandre Clarim Colecionador profis-
sional de pérolas trash e humorista amador. Apesar de ser jornalista acredita que sabe escrever e delegou para si o confortável tí­tulo de redator. De vez em quando paga micos como macaco de imitação fazendo vozes de personagens e personalidades. Já assinou uma coluna de humor no jornal policial carioca O POVO, mas para o alívio dos parentes e amigos nunca apareceu na primeira página.

Felipe Rangel O mascote do Mico, com apenas 18 anos, possui um talento e uma ejaculação precoce para o humor, gozando todo mundo em ritmo acelerado. Além de redator, fez um ano de Tablado, mas mantém sua convicção pelo heterossexualismo. Os outros membros do grupo acreditam que Felipe na verdade é um senhor de 75 anos que clonou um moleque de 18, tamanho o seu conhecimento sobre tudo.

Fernanda Celleghin Autora, redatora, atriz,radialista, modelo e manequim. Faz vozes que até Deus duvida, sendo o alter ego de vários personagens. É a porção mulher do grupo "O Mico" e tenta a todo custo aplacar as grosserias nas piadas boladas pelos machos do grupo. Tarefa na qual costuma ser mal sucedida.

Juliana Paixão - Jubiléia, vulgo Juliana Paixão, é a radialista do grupo "O Mico". Além de atriz, modelo, manequim e futura ex-Big Brother. Também interpreta vários personagens. É a segunda porção mulher do mico e já desistiu de aplacar a grosseria dos machos do grupo, atuando como uma integrante feminina exemplar. Sempre arrumando a casa e preparando a comida.

Pablo Kaschner - Formado em Rádio e TV mas sua carreira ainda não tomou forma. Atualmente cursa jornalismo e, mesmo assim, o curso de sua vida ainda não está definido. O que ele quer (como se pudesse querer alguma coisa) é que descambe pelo lado do humor e é por isso que ele se juntou a essa cambada de desocupados d´O Mico. Foi um dos autores do livro "Humor, tô vivo" e assim que seu livro sobre os seriados Chaves e Chapolin sair, ele avisa...Epa, já saiu!
 








Coloque seu e-mail aqui e receba gratuitamente (até parece que alguém ia pagar) as novidades do mico na rede além de spams do Viagra, Valium e Apracur




Leia este blog em RSS





 
Eu Hein- Você nunca riu nada igual
Sedentario e Hiperativo
Sem Meias Palavras
Ah Tri Né
Uebas
Esculhambação!
Blog do Noel
Danosse
:: Tio Jedi ::
o Senhor dos PastéiS
www.perolaspoliticas.com
Tio Punk
Eita Preula!com.br

Teobaldo HP
OMEdI:: O Maior Espetáculo da Internet
Idéias de Lívia Lamblet
You Tube TV
Nóis na Tira
Blog Rebola Na Rede
Mundo Gump
7x8
blog super jaca
Blog da Vaca Louca
Revista O Buslis.com
EnTrETeNhA-Me
DIAS ANORMAIS - O mundo diferente!
brogui.com - idiotices na internet
Melhor que ta tendo!!
Irmandade Véio Rosa
Uhull - Muito + Uhull!
[ DJAINDJAIVAS ROMI PEIGI ]
Bibelô
O Genérico
Cachorro Doido
Asttro - O Mundo Gira Em Torno!
Ai fode !
Dê um clique inútil aqui!
..::: Ganhando.info :::..
Blog do Voelho
Fortube.tk :: Best of TUBE
Image Hosted by ImageShack.us
Tribus Blog
Tic Derdi
Freelegs
Risada Forçada
Suspensa.info
Aonde, Ali?
Guenzos
Não seja Vacilão - Tome uma Atitude !!
Blog do Luiz
Blog do Pobre
Erre de Rudson
Relatorium
Cursos Grátis
  Cobertura BBB10: 28/02
Paredão do BBB - Ao Vivo
Novo endereço.
'Rihanna' nas alturas
Um dia celular
Trava de Chuteira
Oscar 2008 em perda de tempo real
Comando Maluto
Campo de concentração da escola de samba
Balada de Reveillon


  Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Novembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Maio 2008
Maio 2009
Fevereiro 2010
 


 

Web www.omiconarede.com
258
  Feira Livre
Haloscan
Sitemeter
Google


  Este é um site de ficção e fantasia, qualquer semelhança com fatos e pessoas reais é mera coincidência. E além do mais, acreditem, não existe grana aqui que justifique algum processo.

online


Add to Technorati Favorites


Notícias quentes & Notas frias: Para pan: Atletas comemoram a paralização dos jogos.|Sarajane bate com o carro em Lambada e entra em K.A.O.M.A.|Advogados criminalistas de casas de câmbio não temem o aumento do dolo|

quarta-feira, novembro 29

  Començando com o pé direita...


Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 7:19 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



segunda-feira, novembro 27

  Tributo a Jece Valadão


(Jece Valadão -1930/2006)

É com muito pesar que publico este post de despedida a um dos meus ídolos. O último baluarte do machismo, a fina flor da misoginia, um dos ícones do politicamente incorreto. Morre Jece Valadão, e junto com ele o malandro de várzea, o cafajeste de raiz.

Valadão era um mestre, um self fuck made man. Ele não precisava de dinheiro, nem tampouco beleza para comer uma mulher. Diferente de um jogador de futebol que precisa ganhar milhões, ostentar um carro importado do ano e cordões de ouro para pegar uma modelo e manequim, tendo a todo o momento o risco de levar um golpe da barriga. Nosso herói não. Ele não só comia várias mulheres, como ainda não gastava nada, e se bobeasse ainda tirava dinheiro delas. Como todo cafa que se preze.

E quanto a beleza ? Jece pertence a uma geração de machões que compartilham o credo que homem bonitinho gosta de dar o rabo. Creme para o rosto, fazer a sombrancelha, esmalte nas unhas? Que porra é essa, mermão ? Estamos falando dos longínquos anos 60 e 70 onde o armagedon do heterossexualismo que é o metrossexualismo estava muito, mas muito longe de surgir. Valadão é o machão que está oculto nos sonhos íntimos até das feministas mais radicais. Aquele homem que sabe colocar a mulher na sua posição submissa, lembrando-a que ela não gosta só de dinheiro ou de amor. Também gosta de piroca. Pura e simplesmente, sem frescuras estéticas, apenas o ato de atochar com força.

Jece era um autodidata na arte do amor. Conhecia a alma feminina como poucos, da maneira mais empírica e orgânica possível que era entrando lá dentro para ver. Produziu, atuou e dirigiu centenas de filmes, entre eles, o inesquecível "Os Cafajestes" onde dá sua contribuição ao cinema nacional com a primeira cena de nu frontal, estrelada pela buceta de Norma Benguel (esqueça o presente pelo amor de Deus e faça um exercício de viagem no tempo). Seus filmes eram o contrário de tudo que vemos hoje em matéria de cinema Globo Filmes nacional. Palavrões para caralho, mulheres nuas a dar com pau, violência, sangue e tiros.

Posso falar sem medo de errar que ele era o Charles Bronson tupiniquim, só que muito mais hardcore. Deu vida a dezenas de policiais durões que passavam o rodo na bandidagem e utilizavam métodos que deixariam os milicos do DOI CODI de cabelo em pé. Ninguém tinha tanta sensibilidade para entender o que um público grosseiro queria como Jece Valadão. As cenas de sexo de nosso herói era tão heteros que ele nem sequer tirava a roupa para abater as criaturas. Estas sim, ficavam nuas para o nosso deleite, e o Jece no máximo abria o zíper mandando ver de calça mesmo. No máximo tirava a camisa. Isso é que é respeito com o público que quer ver mulher pelada. Como ator, o mestre sempre interpretava a si mesmo, até por que esse lance de "entrar no personagem",técnicas de interpretação da CAL ou cursos do Sérgio Britto é tudo coisa de viado.

Entre suas milhares de conquistas está a atriz Vera Gimenez, mãe da apresentadora Luciana Gimenez (não vou perder tempo falando que o programa dela é brega, que ela é burra ou coisas do gênero. É senso comum demais isso.). Lembrando sempre que ele não é pai da apresentadora, prova que mais uma vez nosso machão se deu bem e não recebeu o tradicional castigo do machista comedor. Explica-se: Comeu a filha de todo mundo, e a Luciana que é bem rodadinha, e podia ser o argumento de algum marído traído e despeitado para tirar a moral de nosso herói, não serve de argumento. Ele é só padrasto, então foda-se que ela saiu dando por aí.

Jece é o filho pródigo de uma sociedade patriarcal totalitária. Invejado e admirado pelos homens, cobiçado pelas mulheres. O mestre nos deixa verdadeiros mantras como "Mijou sentado e não é sapo. Tô comendo !", "Usou saia e não é padre, tô comendo !" e "Virgindade é que nem picolé. Acaba no pau". Falando em virgindade, nosso herói tinha orgulho de ter a mais vasta coleção de cabaços do território nacional. Como todo bom machão, acredito que 50% de tudo que ele falava não era verdade e talvez ele nem tenha comido tanta gente assim. Mas sem dúvida nenhuma, as histórias ou estórias de alcova que ele contava para os amigos eram, em essência, muito mais verdadeiras que o conto da carochinha que virou os últimos anos de sua vida depois que se "converteu".

Realmente o mundo é injusto. Não existia mais espaço para Jece Valadão neste século politicamente correto e hipócrita em que vivemos. Nosso ídolo estava falido e tentou guarita no mundo evangélico. Vivendo de vender seus testemunhos, nosso mestre continuou em essência um cafajeste (aplicando um típico 171 nos otários), mas teve que carregar o falso moralismo e a hipocrisia com ele. Em qualquer entrevista que desse, por mais que dissesse que estava convertido, nunca deixava de saborear e quantificar suas conquistas amorosas ("antes eu transava com três ao mesmo tempo, era um absurdo. Agora encontrei Jesus."). O cafa ainda continuava lá, abafado, nunca nenhum pastor conseguiu exorcizá-lo definitivamente.

Mas vamos manter viva a lembrança do que ele realmente era. Não deixemos que este pequeno deslize manche sua brilhante trajetória (até por que ele vivia manchando também os carpetes caríssimos das madames que comia enquanto o marido viajava a negócios. Sempre limpando o pau na cortina). Jece está lá no céu dos safados, junto com o Carlos Imperial, acabando com esse papo que anjo não tem sexo. Tenho um palpite que o último pedido dele era ser cremado. Por que macho que é macho nem a terra há de comer.



A morte de Jece Valadão deixou várias lebres abatidas

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 11:42 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



domingo, novembro 26

  Itaipava ê ô, cocô!

ps:Merda por merda, assista este vídeo!


Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 7:11 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



sábado, novembro 25

  pmdB MOVIE


Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 7:19 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Há algo no ar, e não são os aviões de carreira

Há dois posts abaixo, já disse que acho essa abordagem da grande mídia sobre o atraso nos aeroportos um tanto elitista. Diariamente os serviços de transporte de massa desrespeitam as pessoas mais pobres e não geram uma linha (sem trocadilhos, só agora que percebi) sequer nos jornalões.

Imagino que é isso que sentem, no fundo, os chargistas que trabalham nos grandes jornais, pois acredito que a maioria só anda de ônibus (isso por que os chargistas são humoristas e esta classe, em geral, é formada por fudidos). Mas, o que fazer ? Mandar charge sobre o "perrengue" sofrido pelos pobres usuários dessas máquinas sonhadas por Santos Dummont.

Olhando, como sempre, no excelente Charge on line, vi duas charges do assunto que resolvi destacar aqui. Uma do cartunista mineiro Quinho (do qual sou fã e só queria mesmo arrumar um pretexto para publicar desenho dele), e outro da cartunista Lila pela preciosidade. Já é difícil ter mulher chargista, que faça uma piada boa mais ainda. Agora, o mais incrível de tudo é que ela é da Paraíba. Estado, que pelo menos se diz, de "cabra macho".

QUINHO (Diário da Tarde - Minas Gerais)


Lila (Paraíba - Jornal da Paraíba)


Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 4:57 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Roleta russa


Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 2:22 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



quinta-feira, novembro 23

  O homem é um produto do meio de transporte




A melhor aparição de Eddie Murphy no cinema, na humilde opinião deste que vos posta, é um filme que remonta o início da “já-deu- o -que -tinha –que- dar” recém cultuada década de 80. O filme recebeu o título brazuca de “Trocando as Bolas” (Trading Places) , e conta uma história mais velha que a exploração do homem pelo homem: o rico e o pobre que trocam de papéis e passam a viver a vida um do outro. E como diria o narrador da sessão da tarde, “se metem em grandes confusões”.

No filme, dois velhinhos especuladores (o destaque do filme com seus diálogos politicamente incorretos) da bolsa de valores resolvem apostar que trocando de papel social, o pobre se tornaria civilizado e educado, enquanto o rico viraria um selvagem. O pobre é interpretado pelo Murphy e o rico pelo Dan Aykroyd. O legal do filme não é a premissa ou o desempenho dos comediantes, e sim a forma como as situações são desenvolvidas, o humor gerado pelo choque entre os dois universos. Claro que os seios avantajados e naturais da Jamie Lee Curtis desnudos pela primeira vez também contribuem para este filme fazer parte da minha cinemateca afetiva.

Apesar de já ter escrito pra cacete sobre o filme, este post não é uma resenha. Podemos falar sobre os seios da Jamie Lee Curtis em uma outra oportunidade. A questão é que fatos recentes me fizeram lembrar muito desse filme e me deram vontade de revê-lo. A pauta sobre os meios de transportes dada atualmente pela mídia me fez observar, cientificamente ( como os velhinhos do filme), a “troca de bolas” entre os pobres e ricos no Brasil.

Recentemente, tivemos o episódio do corno de Nova Iguaçu que disposto a cometer um crime passional, acabou seqüestrando o ônibus em que sua mulher estava, rendendo horas de negociação. O que este episódio acabou por acarretar ? Uma paranóia nas viagens de ônibus.

Vamos combinar, certas doenças como depressão e stress não dão em pobre. Não consigo imaginar um cara paradão no meio do baile da Furacão 2000, no Coleginho, se perguntando de onde veio, para onde vai e qual o sentido disso tudo ? A não ser que seja o número do ônibus que tem que pegar (de onde veio ?) para ir num lugar longe para caralho (para onde vai ?) no sentido Avenida Brasil (Qual é o sentido de tudo ?). Pobre não quer saber de onde veio ou para onde vai, desde que o lugar tenha cerveja (a latinha) a um real. Neste cardápio de neuroses urbanas e sociais, aos quais os pobres já nascem com anticorpos, está incluída a paranóia.

Após os atentados do 11 de Setembro se desenvolveu uma paranóia nos Estados Unidos com relação a viagens de avião. Coisa de rico, obviamente, que não está acostumado a tiros, desgraças e explosões. Não é sempre que se vê um prédio gigantesco cair, agora barraco é toda hora. Fora que pobre não vai andar de avião mesmo, então que se foda se um cara com turbante está na fila de embarque. Agora, o episódio do “corno de Nova Iguaçu”, o Bin Laden dos pobres, pode ter sido o pioneiro em levar a paranóia às comunidades carentes.

Hoje qualquer homem que entre no ônibus meio cabisbaixo, o pessoal já deve especular se é corno ou não. Se uma mulher entrou antes e o maluco um pouco depois então o nervosismo começa a tomar conta. Se o cara se levanta e vai lá para frente então começa a gritaria e o pânico. Mal o cara começa a falar, “ Desculpe incomodar a viagem dos senhores, é que estou oferecendo...” antes de completar a frase “a sensacional promoção das balas de hortelã, o passatempo de sua viagem...”, alguém já pulou em cima do pobre ambulante tentando desarmá-lo, baixando-lhe a porrada.

Imagino que isso venha a prejudicar uma das únicas diversões e válvulas de escape da vida sofrida dos pobres: o popular sarro. Nada a ver com o politicamente correto (outra doença específica, só que esta só dá em classe média), por que as mulheres também se amarram na brincadeira e curtem. É uma espécie de clube hedonista itinerante para pobres liberais no qual todos começam a reconhecer terreno para gerar as Jessicas e Uasingtons de amanhã. O problema todo é a questão da paranóia do seqüestro de ônibus. Imagino o discurso de duas garotas com uma calça jeans justa e barriga levemente protuberante:

- Aí, Shirlene, tá veno esse homem aí atrás de mim ?
- Vendo nada Craudirene. Com esse ônibus lotado, a gente que nem lata de sardinha, não consigo nem mexer o pescoço.
- Pô, ele tá encostando ni mim uma coisa dura e roliça, amiga!
- Ih, já é ! Ganhou pra night amiga.
- Ô Shirlene, deixa de ser besta. Ele deve tá armado e puto por que eu devo de te chifrado ele aí em nalgum baile.
As duas gritam juntas:
- Para o ônibus aí motorista !!!

Este é um exemplo simples de como o episódio “trocou as bolas” no sistema de transporte coletivo de massa. Esse tipo de discurso paranóico deveria sair da boca de uma mulher que faz artes plásticas, num avião, no momento em que pede água para a aeromoça. É que chegou a hora de tomar o Prozac. Não de duas tchuchucas que no final de semana vão balançar o esqueleto ao som do tamborzão.

Mas não para por aí a “troca de bolas”. A atual crise dos aeroportos também gera o inverso. Ricos com comportamento de pobres dormindo nas cadeiras do saguão, fazendo farofada com a família e reclamando alto que “o avião não chega”. E mais uma vez a teoria do velhinho reacionário do filme do Eddie Murphy volta a ser aplicada. Basta o rico ter uma vida de pobre, que abandona sua sofisticação e elegância, desconstruindo sua formação abastada. Nunca acostumado a esperar por horas a fio um meio de transporte como os mais pobres, é mole chegar num avião e agir com finess. Mas depois de horas de espera, atraso, descaso e desrespeito, não é de se estranhar que um grupo de executivos da IBM comece a batucar na lataria do avião improvisando cantigas como: “Se essa porra não atrasar, e o transponder alguém ligar, eu chego lá./ Tudo é culpa do controlador/ Mas se o controlador não fizer força, coloco no cu da aeromoça/ E se aeromoça não der o fioto, enfio no cu do co-piloto/ E se o co-piloto estiver hesitante/ Enfio no cu do comandante.”

O atraso dos aeroportos ainda é primeira página dos principais jornais, destaque nos principais telejornais e tudo mais. A “troca de bolas” completa se dará quando o atraso nos aeroportos deixar de ser pauta do Jornal Nacional e passar a ser uma notícia do Globo Cidade. Aí empobreceu de vez quem anda de avião.

No entanto, o maior sintoma de que houve uma troca de papéis nos aeroportos brazucas é quando o executivo de uma grande empresa chegar atrasado numa reunião com os acionistas majoritários da empresa e quando questionado do atraso responder: “Pois é doutor, sabe como é esse tráfego aéreo.”

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 6:56 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Leitura leve


Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 3:38 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



quarta-feira, novembro 22

  Acervo "O Mico" de Humor

I-Arrested Development











Não sei se isso vai pra frente, mas vamos lá...
Este é o primeiro post do PRETENSIOSO "acervo de humor", que nada mais é do que a tentativa de mostrar ao maior número de pessoas, maravilhas pouco conhecidas na área...
Para começar, o episódio "piloto"(ou seja, o primeiro episódio) da série Arrested Development, que chegou até a ser transmitida pela Rede Globo em um horário super inóspito, infelizmente...
Pois bem, já cheguei a postar o mesmo por aqui, porém sem legendas, o que me faz crer que poucos tenham visto realmente...
Ah!E comprem o dvd original!Quando sair por aqui, claro ¬¬



****
ps:As legendas, baixadas da internet, possuem alguns erros de português, porém, não consegui consertá-las.Enfim, dá pra entender...

****

Para saber mais de Arrested Development, estas são as principais comunidades brasileiras, sobre a série, no orkut: Arrested Development-Brasil e Caindo na Real

Para o link no Wikipédia, clique aqui

Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 11:08 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  O debut de Hello Pitty


Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 6:42 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



terça-feira, novembro 21

  Kramer X Kramer

Michael Richards, o Kramer da sitcom "Seinfeld", perdeu a cabeça ontem no meio de uma de suas apresentações de stand-up comedy.
Um fato, no mínimo, bizarro e lamentável de racismo foi o que ocorreu.
E justo no dia reservado, por aqui, à consciência negra.

ps:Não espere nada engraçado neste vídeo.É apenas lamentável...


Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 11:28 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Um amante "daqui, ó"!



Não entendeu? Então clique aqui

Nota de rodapé por:Fernanda Usurpadora às 5:55 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



segunda-feira, novembro 20

  Dia(spora) da consciência negra

Hoje aqui no Rio de Janeiro é o Dia da Consciência Negra, popularmente conhecido com o feriado de Zumbi dos Palmares. Neste ano, a data tem um significado todo especial: caiu numa segunda feira.

Para não deixar o dia passar em branco e tirar o meu da reta, aí vai um videozinho legendado e educativo do humorista afro-americano Chris Rock.




Vídeo catado no parceiro You Tube TV

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 3:56 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Dia da consciência do humor negro

Morre o ex-Big Brother Buba

Morreu na madrugada desta segunda-feira o ex-big brother Edílson Buba, aos 34 anos, vítima de um câncer no estômago. Ele estava internado há mais de 60 dias no Hospital Vita, em Curitiba, e tratava a doença há três meses.

Agora sim, a denominação "ex-big brother" faz algum sentido.

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 3:29 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



domingo, novembro 19

  Fofoca de Macho

Uma nova seção no Mico na rede. Fofoca de Macho prentede trazer notícias sobre a vida pessoal de celebridades, até aí nada de novo. A diferença é que aqui nós traremos o que há de mais obscuro e oculto no mundo do entretenimento. Não interessa se foi formado um novo casalzinho hétero em malhação, dois jovens bonitos e saudáveis namorando não tem nada de extraordinário.

O objetivo aqui é mostrar quem gosta de práticas sexuais pouco ortodoxas, perversões, quem cheira, dá calote, enfim, o submundo das celebridades que mesmo tendo um monte de revistas especializadas no assunto, nenhuma tem coragem de noticiar quando algo vai mais além.

Já que é para fazer fofoca, tenha culhões. Aquele galã que namora uma apresentadora mas na verdade é uma bichona. Aquela atriz que vive chapada nas festas. E aquela que parece uma princesinha mas é chegada numa suruba. Quem quiser contribuir com fotos comprometedoras, basta nos enviar que se forem verdadeiras publicamos no ato. Só assim, retomaremos o verdadeiro ideal do jornalismo que é o de destruir reputações e arruinar vidas.

Antes mesmo de anunciarmos esta seção (que já tínhamos em mente), eis que surge uma contribuição primorosa na estréia de um fotógrafo que pediu que seu nome fosse ocultado. O dublê de playboy e agora ator Ricardinho Mansur de calças na mão, em pleno ato defecatório. Isso que é levar ao pé da letra o conceito de invasão de privacidade e imprensa marrom. Se o ex de Piovanni for esperto, vai cagar e andar para essas fotos.






Abaixo o e-mail enviado pelo fotógrafo:

Olá, tudo bem?

Em primeiro lugar gostaria de parabeniza-lo pelo blog, tenho visitado semanalmente há algum tempo e está realmente muito bom.

Meu nome é xxx e trabalho como fotógrafo, normalmente, para Revista xxx. Modéstia a parte já consegui fotos muito boas, mas infelizmente nem sempre podemos publicá-las. No ultimo sábado consegui uma grande foto e mais uma vez ela não se enquadra no perfil da revista, até entendo porque, peguei Mansur com as calças na mão, hehehehe, mas dessa vez não quero deixar passar em branco.
Depois de tirar as fotos dois seguranças covardes me agrediram e quebraram minha câmera a mando do playboy Rico Mansur, mas aqueles babacas são tão burros que nem devem saber que as câmeras têm cartão de memória.
Espero ter ajudado.
Um abraço.


Obs.: Se por acaso vir a publicar as fotos, POR FAVOR, não cite a fonte.
Obrigado!

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 2:30 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Trocando as camisas

Ronaldinho Gaúcho aspirante a estilista



"O meia Ronaldinho Gaúcho é outra personalidade que resolveu se aventurar no mundo fashion. O craque brasileiro do Barcelona lançou na última quinta-feira na Espanha sua linha de roupas e acessórios."

O craque foi proibido (eu disse PROIBIDO!) de tecer qualquer comentário do gênero:
"Nossa, mas ficou a minha cara!"

Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 3:01 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



quarta-feira, novembro 15

  Tomando no Baú

Se você ainda não viu no Youtube, ou ainda no Jacaré Banguela, veja aqui.

Um achado do pessoal da comunidade (excelente) "Anti Video-Show"


Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 11:23 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



terça-feira, novembro 14

  Revista Herpes

A mais famosa revista da mais antiga profissão.
O seu catálogo de prostitutas que não estão no gibi!

Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 8:37 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



segunda-feira, novembro 13

  Livro-Crítica

Comprado recentemente, em São Cristóvão, depois de uma cruel dúvida entre a escolha do mesmo e [uma curiosidade tremend(on)a de saber o porquê do nome] "A carta de Satanás ao Rei Roberto Carlos", o exemplar da, ainda pouco conhecida, literatura de bordel está em minhas mãos.
A musicalidade ímpar de suas rimas consegue distanciar, por algum tempo ínfimo, a putaria constante.Como no caso da rima riquíssima entre "Quaresma" e "mesma".
Partindo para a história, vemos o caso de uma menina virgem que casa com um juiz que não dá no quórum, porém muito respeitado(não por ser broxa, claro...Pelo menos foi o que eu captei, até me perder em mais uma narrativa toda truncada e invertida só pra poder rimar no final).
Afim de posar de varão, resolve inventar um calendário onde vários dias são impróprios para transa.O que deixa a virgem possessa.E não possuída, como preferia.
Dando (apenas) o título lúdico da trama, que agrada a todas às idades e tamanhos.

Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 3:28 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



domingo, novembro 12

  Pinta braba


Frase besta feita por mim e selecionada para a foto do dia no Jacaré Banguela. Para quem não soube do episódio da Angélica no Cirque du Soleil leia aqui.

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 3:04 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



sábado, novembro 11

  Democratas com bala na agulha

AMORIM



Amorim analisa a mudança para os iraquianos da vitória democrata no congresso. Publicado no Correio do Povo (RS)

Conheça outros trabalhos de Amorim em seu site e seus textos em seu blog.

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 9:46 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Frase de Parachoque de ônibus 499


"Tudo na vida é passageiro. Menos a duração de seqüestro em ônibus"

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 8:04 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



sexta-feira, novembro 10

  The Cuoco's

Ontem, o ator Francisco Cuoco foi vítima de um sequestro relâmpago no Rio de Janeiro. Logicamente, a primeira coisa que me veio a cabeça foram trocadilhos óbvios do tipo "Ficou com o Cuoco na mão", "Quem tem Cuoco, tem medo" e "Ficou com o Cuoco apertado que não passa nem alfinete". Epa ! Mas peraí, a ANALogia que este sobrenome remete é justamente essa: CU (Terminal do tubo digestivo, fisiologicamente denominado ânus) + Oco (vazio, vão).

Sendo assim, o significado do sobrenome do galã geriátrico é "SEM CU", ou seja, tanto faz estar tenso, alegre, esfuziante, nervoso, envergonhado ou indiferente que não passa alfinete de jeito nenhum. Esta anomalia já está registrada nos anais (sem nenhuma intenção de trocadilho, esse texto já passou dessa fase há muito tempo) da medicina. É denominado cientificamente como ânus imperfurado ou síndrome de Vater.

Fiquei muito interessado em descborir a árvore genealógica da Família Cuoco e sua origem. Até descobri esta comunidade no orkut, ainda com poucos membros. Qual será a origem do sobrenome ? Será que os antepassados da família foram os primeiros no Brasil a apresentar esta doença e que o médico da família se chamava Vater, eternizando seu nome à "ausência de cu" ? Enfim, trata-se de uma pesquisa extensa a qual ainda terei que dedicar tempo e muitas consultas em googles e wikipedias da vida.

O objetivo desse texto é propôr ao velho Chico um destaque à altura de sua importância na história da tv brasileira. Por que atualmente Cuoco aparece pouco e sempre com papéis secundários ou morrendo precocemente nas tramas, uma sombra do astro que já foi um dia. Por isso, por que não uma sitcom capitaneada pelo grande astro das fotonovelas de outrora ?

Seguindo a linha de filmes como "Entrando numa Fria", onde o sobrenome do personagem interpretado por Ben Stiller (Fokker) é uma fonte inesgotável de piadas, nada mais natural que uma versão brazuca envolvendo Cuoco. Se nos Estados Unidos que temos Seinfeld, Jay Leno, SNL, South Park, Simpsons e outras comédias, digamos, mais cerebrais, este tipo de piada funciona, o que dirá do Brasil onde temos Zorra Total e Sob Nova Direção. Sucesso na certa. Vão se passar 10 anos initerruptos e todos ainda vão estar se cagando de rir com o nome CUOCO. Quer dizer, cagando não que não dá né hahaha ? Aí, eu morro.

Ou então, nosso galã rouco e parcialmente gago pode tentar uma merecida carreira internacional atuando em algum filme dos Irmãos Farrely, especializados em humor negro com minorias bizarras. Eles que já fizeram um filme mostrando o dia-a-dia de dois irmãos xifópagos fariam a festa com alguém sem cu.

Mas voltemos à terra brasilis. Uma minissérie com, no mínimo duas temporadas, denominada The Cuoco's, uma família com o patriarca (adivinhem quem o fará ?), uma filha, um genro e um neto num cotidiano de classe média urbana, passando pelas neuroses diárias. O mote seria que todo mundo faria gracinha com o sobrenome deles, e a tentativa de se "defender" da piadinha que não é mais ofensiva, e sim enervante, acabaria colocando os personagens em diversas confusões.

O roteiro, naturalmente, ficaria a cargo do casal Alexandre Machado e Fernanda Young. Nada mais natural, pois a escritora também deve ter o cu oco, já que fala tanta merda.


Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 3:27 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Inimigo oculto

Assim como o ano de 2006, Saddam Hussein também está com os dias contados. E nada mais tradicional do que a falsidade presente (desculpe o trocadilho) na brincadeira do amigo oculto. Mais honesto seria logo um inimigo oculto. Um belo exemplo é esse ilustrado brilhantemente pelo cartunista Bira para o Charge on line.


Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 1:32 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Crise nos aeroportos: Marcelo D2 se revolta com atraso de "aviões"


Devido aos atrasos nos vôos Brasil-Jamaica, a Infraero pediu auxílio da esquadrilha da fumaça

Da redação do jornal Agora Jah

Aeroposto 9- O cantor e líder de DCE Marcelo D2 perdeu a paciência no aeroporto do Morro do Borel onde aguardava o vôo "Lapa-Posto9". O rapper deu uma batida na mesa perfeita, exaltando-se com a funcionária do guichê que assustada respondeu: "Sô !"

Além de D2, outros passageiros ilustres como Marcello Anthony, Maria Paula e Tati Quebra o Barraco protestaram contra a ausência dos controladores de vôo e viagens muito loucas. A função dos controladores de vôo é guiar os usuários desorientados evitando seqüelas e seqüelados. A cateogria se manifestou oficialmente afirmando "estar cansada de tomar conta desses maconheiros, sem poder sequer dar um tapinha também para relaxar. Além disso, exigimos adicional por músicas de Raul Seixas no violão."

Os ânimos ficaram alterados até que D2 sugeriu que todo mundo puxasse um fumo para relaxar o stress mas devido ao atraso dos aviões e a burocracia, a papelada não chegou a tempo. Nervoso e puto da vida, o músico acabou se indispondo com uma funcionária dando um tapa na pantera em seu rosto.

Afastado do aeroporto, D2 gritava aos seguranças que "mantivessem o respeito". Do lado de fora, um protesto bem humorado acontecia com um boneco gigante do personagem Capitão Presença. Os manifestantes exigiam que a Caixa do Preto do avião fosse compartilhada pela galera. Alguns mais fissurados, queriam a Caixa do Branco também.

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 12:16 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



quarta-feira, novembro 8

  Top 10: Os últimos pedidos de Saddam

Mesmo o mais cruel e sanguinário assassino tem direito ao seu último desejo antes de ser executado. Mesmo um homem responsável pela morte de milhares de iraquianos. Mas como o Bush não foi condenado à forca, resta conceder clemência para o ex-ditador iraquiano Saddam Hussein e sugerir a ele seus 10 últimos possíveis desejos:



1) Solicitar a visita de Michael Moore para uma pequena (obviamente) participação no próximo documentário do cineasta sobre a política opressora americana no Oriente Médio. Além de um pedido de in memoriam ao final da fita.

2) Convidar Osama Bin Laden para assistir sua execução.

3) Uma esfiha do Habib’s.

4) Um pôster da Rita Hayworth.

5) Uma sensual dança do ventre feita pela Condolezza Ricce. Naturalmente, com o véu cobrindo o rosto. Não por uma questão cultural mas estética.

6) Antes de morrer, assistir a execução do sósia de Saddam no filme Top Gang II. Não pelo deboche, mas por que aquela porra é muito sem graça mesmo.

7)Uma partidinha de War com Kim Jong Il via teleconferência.

8) Numa última tentativa de clemência, conseguir perdão se oferecendo para ser adotado por Brad Pitt e Angelina Jolie, ou quem sabe a Madonna.

9) Uma tv sintonizada no programa de televendas “1001 noites”, com o que há de melhor em termos de tapetes árabes.

10) Após sua morte, jamais ser enterrado em território americano. Por isso, seus restos mortais em hipótese nenhuma irão para o Iraque.

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 1:49 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Na maior cara e perna de pau

Hebe Camargo diz querer sexo com Roberto Carlos

Hebe Camargo, 77 anos, afirmou em entrevista ao programa Marília Gabriela Entrevista, exibido neste domingo, no GNT, que sente tesão pelo cantor Roberto Carlos. "Estou disponível. Não queria namorá-lo. Queria sexo mesmo", anunciou.



Pois bem, mediante esta bombástica notícia, o nosso co-irmão pantaneiro Jacaré Banguela bolou um concurso de potocas com o rei Roberto Carlos sobre a declaração de Hebe. A frase escolhida foi enviada por este que vos escreve em nome do Mico na Rede. E como nunca fui primeiro lugar em nada nesta vida, compartilho esta medíocre conquista. Mas mesmo assim não comeria a Hebe.

E para mostrar que vadiagem é meu forte, não satisfeito ainda mandei essas aqui debaixo. Claro que alguma ia acabar entrando pela insistência.


"Tá me confundindo. Quem pegou uma loira velha e apresentadora de tv foi o Roberto Carlos jogador".

"Não faço sexo por uma noite apenas. Sou incapaz de dar o pé na bunda de alguém."

"Grossinha"

"É ruim, hein ! Existem mil garotas querendo passear comigo. Bye."

"Não sabe que eu tenho problema de TOC ? Então não me TOC."

"É bom ir se preparando Hebe. Meu pau é uma brasa, mora"

"Hebe, você será a musa da minha nova canção: Mulher de menopausa."

"Não posso, já estou comprometido com a Dercy Gonçalves"
(essa eu não mandei, inventei agora)

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 1:48 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



terça-feira, novembro 7

  Curso Extensivo (pra caralho) de Chinês

Exercício prático. Traduza o diálogo abaixo.


藝術與人文文學, 繪畫, 表演藝術...
藝術與人文文學, 繪畫, 表演藝術...

Resposta
- Tá quente aí em cima ?
- Não sei. Pega aqui no termômetro !

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 1:04 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Caderninho de telefone

Algumas informações sobre antigos e novos parceiros sexuais:

1) O Procurando Vagas, um dos nossos parceiros de maior penetração (ui!), mandou avisar que está em novo endereço: www.procurandovagas.org Sempre com as novidades mais quentes dessa internet de meu Deus.

2) Existe todo aquele papo que a internet é a rede mundial de computadores que te conecta em instantes com todo o mundo e blá, blá,blá. Até hoje achava esse papo meio balela. Mas depois de receber um e-mail de um blog da TURQUIA avisando que colou nosso selo não falo mais nada. O endereço é www.blogcu.com/toska e dá pra visitar tranquilo por que é um blog musical com cardápio variado para os mais ecléticos gostos indo do jazz a black music, passando por bolerões e o famigerado Ne me quite pas. Bem divertido. Agora duvido muito que eles tenham entendido alguma porra do nosso, mas enfim...No início pensei que fosse sacanagem, ainda mais com esse domínio esquisito BlogCU (dá a impressão que só tem merda). Mas recomendo não só pela curiosidade como pela programação musical bacaninha.

3) Meu amigo Léo Valença colocou no ar o blog Humor Carioca voltado para a divulgação do humor gráfico no Rio de Janeiro. Também estarei por lá postando em dupla jornada de vagabundagem. Eu sei, não estou postando nem aqui, mas para infelicidade de todos vou voltar .

4) Só mais um link: Fotos da Sandy Pelada

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 11:55 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



domingo, novembro 5

  Te vi no Youtube

Outro dia estava discutindo sobre a falta de atores brasileiros(famosos ou nem tanto...) aproveitando o Youtube, mais especificamente na área do humor.
Afinal, seria uma forma daqueles que, realmente, gostam da área disseminarem seus trabalhos que não passam na tv.
Seja por falta de espaço ou por serem "bons demais", e assim também, infelizmente, não se encaixarem na saturada TV aberta.
Há um tempo atrás, antes mesmo do Youtube, o Rafinha fazia uns vídeos engraçados, sendo um dos "precursores" do material feito para internet, aqui no Brasil(apesar dele morar fora na época, acho...).
Depois dele o "humor de internet" foi meio banalizado, mais no "esquema" de que tudo poderia virar um vídeo cômico.
O Youtube é coalhado de exemplos.
Gafes de programas de tv, "flagras" e experiências estúpidas possuem milhares(e em alguns casos, até milhões) de espectadores(seria o que?Info-espectadores?Ou só "nerd" já englobaria?) sendo, infelizmente, o que mais aparece como O "humor" na rede.
Pois bem, ainda desiludido vagando pelo Youtube, acabei achando um vídeo de Graziella Moretto(!), pra quem ainda não ligou o nome à pessoa, ela foi a Maristela d'Os Normais, participou também do núcleo cômico de Da Cor do Pecado e faz várias participações ótimas no Terça Insana.
O melhor de tudo é que não era só um vídeo, e sim 4(!), no estilo de paródia à TV, como quadros do SNL, TV Pirata, etc...
Os vídeos postados a um mês atrás mostram que o público carece desse tipo de humor.
Inteligente e realmente engraçado.
Enfim, uma iniciativa muito boa que mostra o que realmente deveria ser exemplo de humor na internet.
Já era fã da atriz.E agora, com certeza, passei a gostar dela mais ainda.


A atriz mirim Thayanny Carollynne tem um recadinho pros espectadores.


Mas tem gente achando que, essa rasgação de seda toda, foi só pra comer a Cristiangela Galinhelli.

Clique aqui e veja os outros vídeos feitos por Graziella Moretto,postados em sua página no Youtube.


Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 8:54 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Zorra Total?

Eu sei que normalmente falo de séries que estão sendo lançadas em dvd, ou passando na tv aberta...Até o dado momento, foram comentadas séries que gosto muito e torcia pra que isso acontecesse.
Mas nem tudo são flores no mercado do "DVD-Vídeo".Nós d' "O Mico", bem que gostaríamos que essa capa, aí embaixo, fosse mais uma de nossas montagens escrotas...


Não...Não é...

Andando pelo site da Som Livre, vendo pra quando havia sido (re)marcado o dia de lançamento do dvd d'Os Normais, me deparo com isto!

Com muito asco e repúdio, li a sinopse.Vamos à ela, com pequenos adendos em itálico:

"Este é o primeiro DVD do programa que há 7 anos é atração(?!?!)das noites de sábado na TV Globo. Aqui estão reunidos 3 quadros mais populares(cos?) da história do "Zorra": Patrick Pax, Gislaine e Os Seguranças. São mais de 3 horas de situações hilariantes(?!?!) e divertimento garantido para toda a família!!! Um diferencial(esta palavra e Zorra Total não batem, vamos combinar...) interessante deste produto é na apresentação dos quadros que é feita de forma randômica, ou seja, toda vez que o consumidor for assistir o DVD, verá uma seqüência inédita(ok, CHOQUE!Como vão conseguir tornar alguma coisa do programa inédita, eu realmente não sei...Mas seria algo próximo do milagre.E além do mais, quando é que eu vou saber a hora de rir?Tem que vir na ordem e com a claque encobrindo as falas.Primeiro um quadro "rotativo", depois Severino, depois os outros e só no final o Patrick, gente!Só assim que eu entendo!)."

Depois de um belo exemplo de humor "involuntário", analizamos a capa do dvd.Sim, tente reparar no alto do mesmo.Lê o que está escrito?

"O MAIOR PROGRAMA HUMORÍSTICO DA TV BRASILEIRA"

Ok, será que existirá algum caso de maior propaganda enganosa na história?

Talvez a propaganda nazista, creio eu...Ou os folhetos explicativos (quase cartilhas) que versam sobre o fato das câmaras de gás serem apenas para matar piolhos dos judeus.

Voltando ao "título" dado ao programa, analisando-o a fundo(ou melhor, nem precisamos tanto assim...), qual o critério de se eleger um maior programa de humor da tv brasileira?

Nem em sua duração este foi o maior programa.Não quero nem entrar no mérito da qualidade que lhe é peculiar.Talvez pegando um programa separadamente, dê uns quase 50 minutos?Então, nem assim...

Empregado melhor seria esta legenda ao dvd duplo de TV PIRATA.

Demorou muito mais tempo pra sair e é mínima a sua duração, perante o que representou ao humor até hoje aqui no Brasil.

O humor regrediu e isso é triste.

Talvez seja uma jogada fodástica de marketing.Pois eu nunca falaria em um blog que participo do lançamento de um dvd tão detalhadamente, mesmo que seja depreciando-o.

O pior é que esperava o dia que isso ia acontecer.Só não pensei que seria tão próximo. Queria me aproveitar de mais sarcasmo e menos revolta, mas isso não me pertence mais.


Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 1:53 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



sábado, novembro 4

  A Churrascaria Rodízio


Qual o encanto da churrascaria rodízio?

Acho que esse poder de escolha, quase medieval, de quem deve ficar no seu prato e quem continua andando pela arena...er...quer dizer,salão.

Ou então, a idéia de "Eu não vou até às carnes, elas que venham até mim".

Ou ainda, como Freud explicaria, uma frustação sexual relacionada ao comprimento do espeto...
Com o advento do buffet, o seu papel de "rei", frequentador de churrascarias-rodízio, se torna mais claro ainda...A diferença de buffet para banquete é quase nenhuma.
Quer dizer, no segundo caso, você pode ter como sobremesa uma "Athina Onassis".

Mas, voltemos ao buffet da churrascaria.

Você extrapola.
Vai além das "míseras" barquinhas de sushi, dos restaurantes japoneses realmente, e monta seu próprio (quase) destroyer.

É claro, que neste momento, quando chegar à mesa, virá um garçom para lhe oferecer o famigerado "pão de alho".

Você olhará com seus olhos superiores, de cima a baixo do espeto, e agregará ao "súdito" o papel de bobo-da-corte.

E não é sacanagem, se você reparar bem, a relação de consumidor X garçom nesses lugares, tá quase nesse nível de rei e súdito mesmo.

Primeiro aboliram a fala.Você só precisava, como um imperador romano, colocar seu polegar pra cima,ou pra baixo...O que poderia acabar, literalmente, com a vida do menino do "chester com abacaxi".

Depois aboliu-se o gesto.Agora você escuta o nome do que quer que seja que esteja no espeto e vira uma plaquinha.Vermelho, não.Verde, sim.Sem susto.

O próximo passo é a chapinha amarela.Naquele caso que você não entende o que o cara diz, mas não quer perguntar...Afinal, sua mãe te ensinou a não mexer com pessoas com espetos e, principalmente, a não se envolver com a criadagem.

Mas do que eu tava falando mesmo?

Ah sim...Você com o prato cheio de peixe cru e o bobo-da-corte, realmente achando que você tá interessado no "pãozinho de alho".E, é claro, que você aceita.
Não porque você queira.
Muito menos porque alho faz bem.
Mas porque você pode.Você tem o poder.Você pagou o rodízio completo.
É como se o Napoleão invadisse o Acre.

"O Brasil não foi descoberto.OK.Muito menos o Acre.OK...Mas quer saber?Foda-se...Eu sou Napoleão, porra...Eu posso invadir essa merda!"

Não me assusta a maioria dos malucos imitarem o Sr. Bonaparte.Depois desta declaração...
Este momento, de pura falta de senso, só se compara ao nome dado à algumas destas churrascarias.Lembre-se:Ao dar o nome de sua churrascaria, nunca esqueça que nada deve, sequer, lembrar sacrifício infantil, como no caso "Baby Beef", ou manter estranhas correlações com algum filme musical famoso, como "Novilha Rebelde"...Afinal, se esse filme tivesse, realmente, alguma ligação com a "carne", a Julie Andrews não se vestiria com pano de cortina.

Falando em filmes...Eles nunca "passam" em tv de rodízio.
Tv de rodízio tem como lei primordial passar algum esporte.
Tudo pra fazer você pensar em sua vida.
Sedentária e hipertensa.

Ou seja, brotam em sua mente coisas como:"Coma menos sal e gordura", "Maneire na fritura", e outros clichês de comercial da Becel.

E, é claro, que isso não passa de uma puta jogada de marketing do restaurante.
Você já sabe que não consegue ingerir 30 reais de alimentos, isso é óbvio, mas não chega nem a 12 reais do segundo tempo, por conta do clima pesado(não tanto quanto você...).

Quer saber?
Tô cheio...

Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 9:25 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



quinta-feira, novembro 2

  Dead like me

Nunca gostei de nada relacionado à morte.Nunca toco em assuntos fúnebres.
Enfim, por medo(verdadeiro pavor mesmo) e saudade daqueles que se foram...
Por incrível que pareça, tudo isso não me fez repudiar uma série que trata justamente do assunto, tornando-se uma de minhas séries favoritas: Dead Like me.
Só a abertura, já é incrivelmente criativa, assim como toda a série.


A Abertura

Talvez seja pelo fato desta ser carregada de humor negro, sarcasmo, músicas fantásticas(e super pegajosas) e diálogos impressionantes(e é claro, por conta da linda Ellen Muth['Georgie'], a protagonista) virei um dos fãs da série que, como quase todas as minhas favoritas, foi interrompida prematuramente(torçam pra eu não gostar de Lost, 24 horas, esses sucessos acabariam em dois tempos e com um desfecho de fazer inveja à novela teen da Globo).
A série começa seguindo os passos de Georgia Lass(ah...Ellen Muth...),18 anos, drogada e prostituída(mentira, só 18 anos...), que além de protagonista é a narradora(muito foda, por sinal)...Tudo (não) anda às mil maravilhas, ela abandonou a faculdade e tem, assim, que procurar um emprego.
Ok,ok,ok...Até que ela é atingida por uma tampa de vaso da estação espacial MIR e pimba!
*onomatópéia esdrúxula pra representar a paçoca que a menina se transforma*
Desde então, passa a ser uma ceifadora('reaper'), passando bem longe do climinha "Ghost" e mostrando, como mesmo diz o release, a vida após a vida.
Um ceifador, na série, seria o responsável por tirar a alma da pessoa antes de sua morte material, explicando de uma maneira muito, muito, simplista.



Cena impressionante do primeiro capítulo da primeira temporada, que eu vou fazer o favor de estragar.
Pare por aqui se não quiser saber!
Se trata da primeira vez de Georgia(impuros!) no ramo dos ceifadores, auxiliada por Mason, o 'ceifador britânico'.
Afim de cumprir a missão de "resgatar a alma" de uma determinada pessoa(sabendo apenas o seu nome), em uma determinada hora (exata), muitas possibilidades ocorrem no "intermédio".
Um assaltante, uma louca armada atrás do marido que trabalha no banco (e está lhe traindo) e uma casca de banana por cima de tudo...

Infelizmente a série não é mais exibida(reprisada) no Brasil.Por um bom tempo, no Canal Sony, as suas duas temporadas foram apresentadas e reprisadas.O dvd em terras tupiniquins pretende chegar ainda este ano(prometido já desde o ano passado...), mas por enquanto mesmo só na base de downloads e P2P.

Mais vídeos de Dead Like Me?Clique aqui

Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 9:16 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Dia meio morto

Quando chega o Natal é mais do que esperado as pautas habitués dos telejornais como: “pessoas que deixaram para comprar o presente de última hora”, “um homem que se veste de Papai Noel há anos e dá presente para as crianças pobres do bairro”, “exposição de presépios” entre outras que povoam nosso imaginário e a cada ano reforçam nossa sensação de déja vu. Isso acontece com feriados em geral.

Hoje tem um feriado sui generis que é o Dia de Finados. Sinceramente, não me vem à mente nenhuma matéria clichê que se repita sempre que chega o tétrico dia 2 de Novembro.

Com certeza deve haver algo do tipo visitar o túmulo de alguma celebridade recém falecida, conferir o movimento nos cemitérios, talvez lembrar que no México este dia é comemorado com um festejo ou algo similar.

O fato é que este feriado parece não estar associado ao nosso imaginário, talvez como um mecanismo de defesa, por que ele nos faz pensar que o nosso dia, inevitavelmente, vai chegar. Como ninguém se acostuma com a idéia da morte, ainda não guardamos o que se noticia neste dia, e preferimos escapar deste pensamento lembrando que no ano novo teve gente que dormiu na praia de Copacabana após os fogos, que um gari sambou na quarta feira de cinzas de carnaval ou que os ovos de páscoa estão mais caros este ano.

Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 12:27 AM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos



quarta-feira, novembro 1

  Caso Fant'ártico!

Estudo confirma que terra foi "bola de neve" no passado













Porém, não devemos ficar muito animadinhos, afinal, segundo os mesmos cientistas, o planeta está mais para "bola de fogo" e, segundo especialistas, tá ficando atoladinho, tá ficando atoladinho, tá ficando atoladinho.

Nota de rodapé por:Felipe Rangel às 5:29 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos





  Men Working

Bush pede Know How de Lula para ganhar as eleições


Nota de rodapé por:Alexandre Paim às 5:08 PM |
Link Permanente Afro |Enviar para os Amiguinhos